Aparecida decreta escalonamento e libera abertura de shoppings Prefeito diz que está sensível à situação dos trabalhadores do município

Aparecida decreta escalonamento e libera abertura de shoppings Prefeito diz que está sensível à situação dos trabalhadores do município

A prefeitura de Aparecida publicou nesta quarta-feira (3), no Diário Oficial, decreto que determina o escalonamento de horários de funcionamento do comércio na cidade. O texto divide o município em dez macrorregiões (ou macrozonas). A cada dia, duas dessas terão seus estabelecimentos – mesmo essenciais – completamente fechados. Além disso, foi publicada uma portaria que permitiu o funcionamento de feiras livres especiais e shoppings.

Em coletiva, o prefeito Gustavo Mendanha (MDB) afirmou que o proposto tem o intuito de aumentar a taxa de isolamento (garantindo mais de 50%), para frear a crescente da covid-19, sem punir as pessoas que estão trabalhando. Segundo ele, a fiscalização orientativa foi ampliada, em casos extremos com punição. Em breve, inclusive, ele disse que deve ser aprovada uma lei que multe quem está transitando sem máscara na cidade. “O isolamento é importante, mas não podemos punir as pessoas que estão trabalhando com responsabilidade.”

Vale destacar que o gestor vem conversando com comerciantes de todas as regiões de Aparecida há duas semanas. “Desta forma vamos evitar o colapso do sistema público de Saúde e reduzir o índice de contágio da doença, além de melhor atender aos pacientes que apresentarem a forma mais grave da Covid-19”, sublinhou Gustavo Mendanha que completa, que defende a flexibilização de forma responsável. Segundo o gestor, a cidade possui 123 leitos para tratamento da Covid-19, “mas o momento é de redobrar os cuidados”.

Artigos relacionados